Erudito e popular voltam a combinar sons no Festival Vale do Café, no Sul Fluminense

Sugestão do leitor Maurício Cintrão 

Entre 20 a 29 de julho, concertos, shows e folguedos populares agitam a região de Vassouras (RJ)

Depois de receber mais de 350 mil pessoas nas quatro edições anteriores, o Festival Vale do Café apresenta este ano, de 20 a 29 de julho, uma nova mistura de instrumentos e ritmos em um dos mais lindos recantos do Estado do Rio, a região da cidade de Vassouras.

Patrocinado com base na Lei Rouanet e Lei Estadual de Incentivo à Cultura do Rio de Janeiro, o Festival é apoiado pela NovaDutra (CCR Cultura nas Estradas), Embratel, Unibanco, Light e Ministério da Cultura.

A exemplo das edições anteriores, serão promovidos concertos, palestras, cursos, “rodas de causos” e cortejos nas igrejas, tendo como cenário o Vale do Paraíba sul fluminense com seus casarões, praças e fazendas. Participam as cidades de Vassouras, Piraí, Mendes, Barra do Piraí, Paulo de Frontin, Paty do Alferes e Valença.

Programação eclética
A programação de concertos e shows – em torno de 40 apresentações – tem grandes nomes nacionais e internacionais como o pianista Athur Moreira Lima, a harpista Cristina Braga, os violonistas Turíbio Santos e Marcel Powell (filho de Baden Powell).

Entre as manifestações populares, destacam-se o Cortejo de Tradições, com os blocos Abre Alas de Rezadeiras, Calango, Jongo, Folia de Reis, Capoeira, Maculelê e Caninha Verde, com música especialmente composta por Ricardo Medeiros e Cristina Braga.

O Festival apresentará, ainda, vários artistas da Música Popular Brasileira, como o violonista e compositor Guinga, o saxofonista Leo Gandelman, o guitarrista Victor Biglione e o chorinho do Regional Carioca, entre outros.

Muitos concertos serão realizados em fazendas históricas da região, como Cachoeira Grande, Taquara, Pau Grande, Santo Antônio, Galo Vermelho, Mulungu Vermelho, São João da Barra e São Fernando. Algumas apresentações se darão no interior de capelas e igrejas. E shows populares acontecerão em praças públicas.

Gastronomia
A chef Diana Mario, do restaurante Summer Garden, em Miguel Pereira, apresenta “A Degustação do Cardápio dos Barões”, inspirado no jantar que a filha do Barão de Vassouras ofereceu à princesa Izabel e ao Conde d’Eu, na Fazenda Cachoeira Grande, em 1884.

O famoso Chef Jos P. Boomgaardt, premiado na Holanda com duas estrelas no Guia Michelin, prepara na sua Vivenda Les 4 Saisons, em Engenheiro Paulo de Frontin, um menu especial para o Festival, inspirado em Grandes Compositores, como Vivaldi, Villa Lobos e Mozart.

O Grupo Vassouras Gourmet que engloba 15 restaurantes, criou pratos especiais homenageando os barões do café. Durant as refeições, guias-mirins contarão as histórias de cada um deles. Alguns dos principais concertos vão unir música e gastronomia.

Em matéria de hospedagem, os hotéis e pousadas são rústicos e agradáveis. Desde as mais afastadas, como o Hotel Fazenda Galo Vermelho, o Hotel Paineiras, Casa do Manequinho, Cheiro de Mata, Vale do Embaúba, aos mais urbanos e tradicionais, o Gramado da Serra, e a Pousada Bougainville, a oferta é variada.

Público cativo
No ano passado o Sebrae desenvolveu uma pesquisa e constatou um altíssimo grau de fidelização do público: 80% voltou pelo menos duas vezes ao Festival, e aprovou o programa artístico-histórico. Quando indagados quanto ao principal motivo de sua viagem/visita à região do Vale do Café, o Festival apareceu em 80% das respostas.

O Festival inaugurou em 2003 uma nova rota que reúne a grande música, a história preservada, a natureza e a vida cultural de uma das mais belas regiões do país. A quinta edição vem apenas confirmar a deliciosa aventura cultural e turística que ele oferece. Mais informações em http://www.festivalvaledocafe.com/

Além das empresas NovaDutra (CCR Cultura nas Estradas), Embratel, Unibanco e Light, que patrocinam o evento por meio de Lei Rouanet, com o apoio do Ministério da Cultura, a 5ª edição do Festival Vale do Café conta com os apoios das seguintes empresas e instituições: Café Favorito, Volkswagen Caminhões, BR Distribuidores, Universidade Severino Sombra, Governo Federal e prefeituras de Vassouras, Piraí e Engenheiro Paulo de Frontin, além de comerciantes locais.

Quanto custa
Algumas apresentações são gratuitas. Outras têm ingressos que variam de R$ 50,00 a R$ 70,00, pelo site Ticketronics http://www.ticketronics.com.br,/ ou pelos postos de venda. Mais informações Secretaria de Cultura de Vassouras – (24) 2491 9000 ramal 9044 e 9076.

Mais informações: site oficial do evento – http://www.valedocafe.com/

1 Response so far »

  1. 1

    Maitê said,

    Finalmente novidades nesse blog. Ótima dica, a região de Vassouras é linda, vale a pena conhecer !!!


Comment RSS · TrackBack URI

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: