Coração Gelado

Por Maria Teresa M.

Que saudade da minha terra. Lá as coisas são tão diferentes daqui. No interior as pessoas falam bom dia umas para as outras, o dono da quitanda e do açougue conhece cada freguesa pelo nome. Nas padarias existem as cadernetas, onde o freguês paga por mês.

No interior o motorista de ônibus espera pelo passageiro que vem correndo para pegar o coletivo. Os idosos têm lugar garantido no transporte urbano.

É comum ver uns ajudando aos outros, mesmo sem serem amigos de infância.

Lá na minha terra qualquer pessoa está disposta a trocar o chuveiro de mulheres que vivem sozinhas. E olha que nem existem segundas e terceiras intenções nesse ato. É pura solidariedade, camaradagem, entre os moradores da região.

Já aqui na cidade grande, como é difícil tomar um banho quente. Se o seu chuveiro queimar, minha amiga, torce para o tempo melhorar, senão você terá que se acostumar com o banho gelado.  Não é nada fácil encontrar alguém que com boa vontade, alguém solidário e competente para fazer um serviço relativamente simples.

Quando você encontra o cidadão acha que você é burra, ou que tem uma árvore de dinheiro no apartamento. Cobram uma fortuna para fazer um serviço nojento. Ou seja, dias depois você volta a tomar banho frio. Acho que frio é o coração desse povo de cidade grande

Dedicado a Marcos M.

 

 

12 Respostas so far »

  1. 1

    Tuco said,

    Ok, ok, ok…
    Olhando daqui não consigo ver ninguém segurando uma arma na sua cabeça e obrigando você a ficar. Tampouco vejo as correntes que te prendem ao pé da cama.
    Preguicinha dessa gente que desaba na MINHA cidade e ainda se dá ao desplante de reclamar da austeridade do cenário e da falta de solidariedade dos seus habitantes.
    De que adianta o dono do açougue te chamar pelo nome ou você pagar a quitanda por mês se te falta emprego.
    Aqui temos supermercados 24 horas, ou seja, temos o pão quentinho, as verduras a mão e o que mais você quiser colocar no pacote sem o inconveniente de ter que dar satisfação para o sujeito do lado de lá do balcão.
    Intimidade tem dessas coisas.
    Falta de intimidade também.
    No mais, banho frio faz bem para pele.
    Experimente…

  2. 2

    Maitê said,

    ta´vendo como tenho razão !! Comentário tão gelado quanto os habitantes da cidade grande

  3. 3

    Pati said,

    Liga não Maitê!

    Essa gente sofre de síndormes variadas…sabe?! A da casinha…a do Batman!!!
    Agora pensa pelo lado bom, seu único problema é um chuveiro queimado!!!
    Deixa de ser mão de vaca e procura um serviço 24h para acabar com seus problemas…se é q vc me entende! rs…

  4. 4

    Juju said,

    Nem tá frio…..q q tem tomar um banho gelado????!!!!! rsrsrs

  5. 5

    Tuco said,

    Impressão minha ou a Super Liga de Migrantes resolveu se unir???
    Tudo bem.
    A ausência de amigos e a distância da família deve mesmo ter efeitos devastadores sobre a pisquê de qualquer um.
    Podemos não ser simpáticos, mas somos compreensivos.
    Olha a sorte de vocês!!!!
    Ainda sobre o banho frio, relaxa q finge que é água da bica.
    Vai dizer que você não está acostumada????

  6. 6

    Pati said,

    Deus do céu!!! Qto ódio em seu coraçãozinho frioooo!!!!!
    Relaxa gente…eu adoro banho na bica, mas durante o dia e com muito sol no céu!!! Pq fala sério com esse frio, não tem cabimento!
    Tê, já falei e repito. Utilize o que essa cidade tem de melhor a seu favor! Seja prática queridinha!!

  7. 7

    Maitê said,

    Tô sim, acostumada com banho de bica, ar puro, comida sem agrotóxico, árvores e pássaros pelas ruas, coisas que os antenados e “mudernus” desconhecem…

    Obrigada pela sugestão

  8. 8

    Tuco said,

    Viu só que bacana?
    Você está acostumada com banho de bica, ar puro, pássaros pelas ruas…
    Acho lindo isso tudo.
    Só tenho uma dúvida: para quando é sua passagem de volta para o século XIX?
    Pássaros pelas ruas…
    Durma-se com um barulho desses…

  9. 9

    Maitê said,

    ok Tuco querido, conseguiu o que queria…deu uma apimentada no blog do Rubão…ele tá feliz da vida

    Bj nesse seu coraçãozinho gelado

  10. 10

    Tuco said,

    Hehehehehhhe…

    Que bom, apesar de ser um paulistano de coração gelado, adoro ajudar.
    Precisando é só chamar.
    Anota aí o telefone da minha Assessora de Imprensa: 3066-8708.
    Bjos!!!!

  11. 11

    Marcos M. said,

    Maitê,
    Muito infeliz o exemplo do chuveiro. Não consigo acreditar que ainda neste mundo existe mulher que depende de homem para trocar um chuveiro. E não venha me dizer que isso está relacionado a cortesia e outras frescuras.
    É uma questão de atitude, de interesse….Queimou o chuveiro da PRÓPRIA casa, se INTERRESSOU e CONSERTOU, ponto final.
    Ainda bem que no finalzinho vc reconheceu…..”…..serviço relativamente simples.” Então, vamos lá, mãos à obra……………

  12. 12

    Thais said,

    Meu Deus, que falta de cavelheirismo Marcos M. …que horror!!!!
    Bom Maitê, mas não liga não, ainda bem que aqui existe serviço 24h….
    vantagens da cidade grande…. rsrsrs
    Aproveite esses recursos para não depender, definitivamente, da boa vontade dos homens!


Comment RSS · TrackBack URI

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: